Como evitar os temidos corrimentos vaginais?

Novo apoiador: Tande (ex-jogador vôlei)
3 de setembro de 2020
Quais são os sinais da depressão pós-parto?
10 de setembro de 2020

Como evitar os temidos corrimentos vaginais?

Um desequilíbrio da flora vaginal pode atormentar a rotina de muitas mulheres. A proliferação de outros microrganismos não habituais provoca o chamado corrimento vaginal, uma secreção anormal que pode gerar mal cheiro, coceira, irritação, dor ao urinar ou durante a relação sexual.

A cor do conteúdo vaginal pode mudar durante o ciclo menstrual sem que isso caracterize uma doença. Na maior parte do tempo ela é branca, mas no meio do ciclo menstrual, costuma ter aspecto de clara de ovo. Porém, qualquer alteração suspeita na cor ou odor pode indicar problemas e a necessidade de consultar um ginecologista.

Para evitar desconfortos, existem algumas medidas que podem ser adotadas. De acordo com a dra. Flavia Fairbanks, ginecologista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) e membro do Comitê de Sexologia da SOGESP e da Febrasgo, é preciso evitar a exposição a roupas molhadas por longos períodos, sempre preferir calcinhas de algodão, manter a oxigenação e hidratação local e não usar absorventes internos por mais de quatro horas. Para mulheres sensíveis à candidíase, diminuir o consumo de açúcar e carboidratos também é uma opção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *